Web Rádio Show Francisco no 24 Horas no Ar

Ao Vivo Web Rádio Show Francisco

OUÇA TAMBÉM NO SEU FACEBOOK

quinta-feira, 31 de julho de 2014

NESTA SEXTA FEIRA EM IMBURI DE BARRA SÃO FRANCISCO DE ITABAPOANA RJ


PMs feridos após viatura bater em muro durante perseguição

 Foto: Filipe Lemos e Saulo Garcez
Dois policiais militares ficaram feridos durante uma perseguição a dois homens suspeitos no início da tarde desta quinta-feira (31), na Rua Amorita Morales, no Parque Presidente Vargas, em Guarus, Campos. Durante a perseguição, a viatura da PM e a moto em que estavam os suspeitos bateram no muro de uma casa.
Mesmo feridos, os suspeitos abandonaram a moto e fugiram a pé. 

Já os policiais do Setor Golf, cabos Lourenço e Rosalino, foram socorridos e levados para o Hospital Ferreira Machado (HFM).

Segundo o hospital , os policiais sofreram ferimentos leves. Após exames, eles foram liberados.

Campos 24 horas/Show Francisco




Duas pessoas morrem e três ficam feridas em colisão na BR-356

 Foto: Filipe Lemos / Campos 24 Horas
Duas pessoas morreram e três ficaram feridas, entre eles uma criança, após uma colisão frontal entre dois carros de passeio, na tarde desta quinta-feira (31), por volta das 15h, na BR-356 (Campos/Itaperuna), a cerca de 800 metros de Furnas, em Campos.

O acidente envolveu o Gol de cor cinza e placa LOL 1008 /Campos e um Fiat Punto de cor preta e placa RLT 4573 /Cardoso Moreira. As vítimas fatais Robson de Oliveira, de 27 anos, e Welton da Conceição Miguel, 20 anos, estavam no Gol. Robson, que estava no carona morreu no local do acidente. Já Welton foi a óbito logo depois de dar entrada no Hospital Ferreira Machado (HFM).

Um casal e uma criança que estavam no Punto ficaram feridas. A criança e o seu pai sofreram fraturas no braço e na perna. Já a mulher e ficou levemente ferida.

Os feridos foram levados para o Hospital Ferreira Machado. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, o motorista do Punto W.P.T., 30 anos, encontram-se estável, passará por cirurgia no abdomem, C.H.M.V., 32 anos, com escoriações na face, ficará em observação, e J.M.V.T., 4 anos, com fratura em uma das pernas e nos dois punhos, passará por cirurgia.

Campos24 horas/Show Francisco



Visitas técnicas às obras de infraestrutura em São Francisco de Itabapoana RJ

Mais obras de infraestrutura realizadas no município de São Francisco de Itabapoana. Os secretários de Planejamento/ Desenvolvimento, Florentino Cerqueira e Esporte/ Lazer, Noel Júnior, realizaram, na tarde de ontem (30/07), visita técnica às localidades de Valão Seco e Guaxindiba, onde estão sendo construídas, com recursos próprios da prefeitura, praças públicas com Playground e quadra poliesportiva. Os valores respectivos dos empreendimentos é 381. 287, 89 e 178.628, 28.

“Antes de qualquer obra pública ser inaugurada é importante que se faça uma vistoria do início ao fim, cuja finalidade é identificar se existe a necessidade de fazer possíveis reparos ou correções. Até porque, a previsão é que dentro de um mês as obras vão ser inauguradas ”, explicou Florentino.

O estudante e morador de Valão Seco, Ítalo da Silva, 8 anos, disse que está mais feliz após a construção da praça. “Agora eu e meus amigos temos mais um lugar para gente brincar e se divertir bem pertinho de casa”, contou.

Na comunidade de Guaxindiba, o morador Wanderson dos Santos, 20 anos, falou da mudança estética do local. “Com certeza a praça dos pescadores, como será chamada, ficou muito boa, não só para a prática de esporte e lazer, como também para tornar o local mais bonito, já que antes no espaço havia lixo, entulhos e matos”, descatou.





 Fonte: Ascom SFI-RJ/Show Francisco




Rio chega ao nível mais baixo

O nível mais baixo da história atingido pelas represas da bacia do rio Paraíba do Sul, que abastece 14 milhões de habitantes nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, tem deixado autoridades em alerta. No interior do Estado do Rio, as possíveis consequências da estiagem já preocupam. Segundo o ambientalista Aristides Soffiati, o período é uma manifestação de mudanças climáticas. Nessa quarta-feira (30), o rio Paraíba do Sul alcançou o nível de 4,81 metros, na altura de Campos, e de acordo com a Defesa Civil do município não há nada a ser feito com falta de água.

— Infelizmente, não tem o que fazer com falta de água. Quando se trata de enchente, até há medidas a serem tomadas para amenizar as consequências. Mas, nesse período de estiagem, o que resta é esperar chegar o período de chuvas. O fato de as represas da bacia do Paraíba terem atingido seus níveis mais baixos causa preocupação porque vem de lá o grande volume para o abastecimento de água — declarou o secretário de Defesa Civil de Campos, Henrique Oliveira.

Para Soffiati, o município deveria começar a tomar providências, como a confecção de um reservatório. “Esse período de estiagem já está afetando a agricultura e pecuária, o abastecimento público como ocorreu em São João da Barra (SJB) e também pode afetar a reprodução de peixes e a atividade pesqueira. Campos deveria começar a providenciar um reservatório de água, para evitar o gasto excessivo e desnecessário da água do rio Paraíba”, disse.

A equipe de reportagem entrou em contato com o presidente do Comitê de Bacia do Baixo Paraíba do Sul, Sidney Salgado, sem êxito.

De acordo com reportagem transmitida pelo “Jornal Hoje”, transmitido pela InterTV Planície, afiliada à Rede Globo, o nível dos quatro reservatórios que formam a bacia do Paraíba do Sul está em 23%. A quantidade de água é suficiente para garantir o abastecimento agora na estiagem, mas é pouco se for considerado que a chuva só deve aumentar a partir de novembro. Até lá, a previsão é de que o nível das quatro represas fique abaixo de 10%.

Mesmo assim, São Paulo quer transposição

Alegando preocupação com a queda do nível no Sistema Cantareira, que abastece a Grande São Paulo, o governo paulista propôs ao Governo Federal um plano para retirar parte da água da bacia do Rio Paraíba. A Agência Nacional de Águas (ANA) e o Comitê da Bacia do Paraíba do Sul têm prazo até setembro para dar uma resposta. No dia 18 de março de 2014, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, esteve reunido com a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), para pedir autorização para a transposição. A proposta do governo paulista é retirar 5 m3/s do Paraíba do Sul e construir um canal de 15 quilômetros para interligar a represa do Jaguari, abastecida pelo Paraíba do Sul, com a de Atibainha, que faz parte do Sistema Cantareira.

Uma semana depois da reunião com Dilma, Alckmin esteve reunido em São Paulo com prefeitos que integram Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraíba (Codivap). Na oportunidade, o governador afirmou que o projeto não causaria prejuízos à região. No entanto, o então governador do Estado do Rio, Sérgio Cabral, na ocasião disse claramente que o governo estadual não iria aceitar nenhuma decisão que prejudicasse a população fluminense.

Fonte: Folha da Manha/Show Francisco
Suzy Monteiro
Foto: Rodrigo Silveira



Justiça determina fechamento de quiosques na orla de São João da Barra RJ

Sentença em primeira instância determina que prefeitura notifique proprietários

Proprietários de quiosques situados a menos de 50 metros da Lagoa de Grussaí e na orla de Atafona – a uma distância inferior a 300 metros da linha do preamar - serão notificados pela prefeitura de São João da Barra, para o fechamento dos mesmos. A medida cumpre sentença proferida em primeira instância pelo Juiz da 2ª Vara Federal de Campos, Gessiel Pinheiro de Paiva, considerando que os estabelecimentos causam danos ao ambiente.

A decisão da Justiça ocorre em face de uma Ação Civil Pública promovida pelo Ministério Público Federal e abrange todo o trecho do litoral entre Grussaí e Atafona. O não cumprimento da decisão judicial, em um prazo de 15 dias a contar a partir de 22 de julho, acarretará à prefeitura uma multa diária no valor de R$ 1.000,00 (mil reais).

Também fica a cargo do município requisitar à concessionária Ampla a interrupção no fornecimento de energia elétrica, bem como solicitar que a Cedae corte o abastecimento nesses estabelecimentos. A alegação é que o funcionamento dos estabelecimentos provoca variados impactos negativos sobre os ecossistemas regionais e que o local é uma área de preservação permanente, sendo terreno da Marinha, portanto, um bem da União.

Fonte: Ururau/Show Francisco



Mudança: Batalhão da Polícia Militar de Macaé já tem novo comandante

Solenidade de troca de comando aconteceu na tarde desta quarta-feira

O novo comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar de Macaé, o tenente coronel Jorge Fernando de Oliveira Pimenta, tomou posse no início da tarde desta quarta-feira (30/07), em substituição ao tenente coronel Ramiro Campos, que vai assumir o comando do 8º Batalhão, em Campos. A solenidade de troca de comando aconteceu na sede do 32º BPM e contou com a participação do secretário de Ordem Pública, Edmilson Jório.

A troca foi confirmada no último dia 25, pelo Comando Geral da Polícia Militar no estado, que atribuiu a mudança como parte da rotina da Corporação. De acordo com o secretário de Ordem Pública, a Prefeitura reforça a parceria com a Polícia Militar, por meio das ações de políticas públicas que contribuem para redução da violência no município.

“Medidas como módulos de Policiamento de Pacificação, sistema de videomonitoramento, serviços públicos essenciais, além da gestão integrada com as forças de segurança. Vamos continuar fazendo nossa parte para o desenvolvimento de Macaé”, destacou Edmilson Jório.

No início da semana, o tenente coronel Ramiro Campos divulgou o balanço dos quase três anos que permaneceu à frente da corporação. Ao todo, foram 514 armas e 6.188 munições apreendidas. Nesse período, foram retirados das ruas mais de 124 mil quilos de maconha, 8.177,18 quilos de crack e ainda mais de 75 mil quilos de cocaína. Foram presas 1.635 pessoas e 309 menores foram apreendidos. Ramiro comandou as pacificações nas comunidades das Malvinas e Nova Holanda.

Fonte: Ururau/Show Francisco
Foto: Flávio Sardou 



Casal flagrado com Fusion roubado, pistola e droga

Foto: Filipe Lemos / Campos 24 Horas


Um casal foi preso na noite desta quarta-feira (30), na descida da Ponte General Dutra, na BR-101, em Guarus, Campos.

Policiais do Setor Golf, CB Reis e SD Welington, realizavam patrulhamento de rotina, quando observaram os suspeitos, que estavam no veículo Fusion branco com os faróis apagados. Na abordagem, já na Avenida Carmem Carneiro, em Guarus, foi encontrada na cintura da mulher de iniciais L.B.O.S, 32 anos, uma pistola .40, com quatro munições e numeração raspada. Com o R.O.A., nada foi encontrado, porém foi reconhecido por ter envolvimento com o tráfico na comunidade da Chatuba, no Parque Aurora. No interior do carro, foram encontrados aproximadamente 500 gramas de maconha, um rádio transmissor, três celulares e a quantia de R$ 485 em dinheiro.

Os suspeitos são moradores do Turf Club. Em consulta foi constatado que o veículo seria produto de roubo.

Os suspeitos e o material foram conduzidos para a 146ª DP/Guarus.
Campos24horas/Show Francisco